AlimentaçãoArtigos

Dicas para uma alimentação mais saudável

By 21/03/2020 No Comments

A saúde física e mental é um dos grandes motivos de preocupação do ser humano. Manter o equilíbrio entre rotina de trabalho atribulada e hábitos saudáveis se torna um desafio e, na maioria das vezes, a saúde acaba não sendo prioridade. 

A cozinha funcional oferece uma infinidade de opções e pode fazer parte da rotina, basta fazer uso das ferramentas disponíveis para trazer mais saúde e praticidade para o seu dia a dia.

Por isso, aqui vão algumas dicas de como inserir essas boas práticas em sua vida:

  1. Higienização: Quando chegar do mercado, já higienize tudo antes de guardar na geladeira. O ideal é lavar em água corrente com esponja (legumes e frutas) e deixar de molho no vinagre por no mínimo 10 minutos (folhosos).

*Obs.: quando comprar cogumelos (opte por orgânicos), não lave com água, pois absorvem e ficam com a textura borrachuda. Com a ajuda de um papel toalha, passe neles com delicadeza, retirando as sujeiras.

  1. Cozimento: Já deixe alguns grãos cozidos, como quinoa, lentilha… Lembre-se de deixar os grãos de molho por 12h, trocando água de 4h em 4h para eliminar toxinas próprias dos alimentos e facilitar a sua digestão.
  2. Congelamento: Tenha sempre alguns itens no congelador para suas refeições principais, como bolinhos, falafel… E também frutas e verduras para fazer bowls cremosos de lanche, como banana, abobrinha, batata doce, frutas vermelhas.

*Obs.: Já comeu banana ou uva congelados? Elas ficam super docinhas e ajudam a saciar a vontade de doce! Já os legumes como abobrinha e couve flor, podem ser adicionados a smoothies para trazer mais consistência e aporte de fibras, além de não alterarem o sabor e terem baixa caloria.

  1. Armazenamento: Muito importante para que os alimentos não estraguem. Folhosos tem que ser bem secos e colocados em potes herméticos com papel toalha entre as folhas. Para ervas frescas, sugerimos armazenar na porta da geladeira em potes de vidro com água, que deve ser trocada a cada 2 dias. 

* Obs.: Você conhece os papéis de cera reutilizáveis? São uma ótima opção para armazenar frutas abertas.

  1. Bases para molhos: Tenha sempre ingredientes que possam trazer mais sabor a sua preparação. Nossas sugestões são: shoyu de coco, tahine, tofu (opte sempre pelo orgânico), castanha de caju (para fazer molho tem que ser a crua e sem sal, além disso é necessário ferver por 40 minutos para eliminar os fitatos que são toxinas naturais que prejudicam a digestão), azeites aromatizados com ervas…

*Obs.: Tanto o tofu quanto a castanha de caju, para virarem molho, devem ser batidos com água, lembrando que a textura é definida de acordo com a quantidade de água adicionada.

  1. Toppings: Para aporte de proteínas e gorduras boas em suas refeições, adicione sementes (de girassol, abóbora, chia, gergelim,…). Compre-­as sempre cruas e, se desejar acentuar o sabor, toste em uma frigideira. Você pode usar a criatividade e colocar temperos frescos, além de um pouquinho de ghee ou azeite.

Obs.: Cuide com as oleaginosas que já vem tostadas, pois normalmente são feitas com o uso de gorduras ruins. 

Criar seus preparos com todas essas dicas vai se tornar muito mais fácil, saboroso e nutritivo. 

Abra sua cabeça para novas possibilidades. Teste sempre! Não é porque você tem uma receita escrita que precisa seguir ela por completo. Siga sua intuição, vão ter muitos erros, mas é errando que se aprende a cozinhar.

Essas são as dicas da Duas Cozinha Experimental.

Com carinho, 

Luisa e Thais. 

bnyou